quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Sobrevivi ao ano de 2017!

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Como foi o ano de vocês? Vim fazer uma média de como foi meu 2017 e com certeza não foi nada bom...



Vamos começar mencionando os 3 primeiros meses do ano, tudo mil maravilhas! Grandes planos para o blog e meu canal, inicio de um curso sobre Mídias Sociais e a tensão sobre finalmente finalizar a faculdade. Tive minha primeira entrevista internacional onde imaginei que agora sim minha carreira com o blog avançaria. Estaria tudo ótimo se não fosse o término do meu namoro de 8 anos e meio. Isso aconteceu uma semana antes do período de provas, e bem, já devem imaginar como eu me sai... Fiquei de recuperação em 90% das matérias, e pra recuperar isto foi um custo. Isso se estendeu até o término da faculdade, com tensão de ficar de DP justamente no último semestre. Devo dizer que meu curso de Mídias Sociais também ficou cansativo, não pelo curso em si, mas pela tensão que eu estava vivenciando no momento.


Tive também problema no joelho, uma doença chamada Condromalacia Patelar, onde tive que tomar medicamentos caros para melhorar o desgaste e dar início as aulas de Pilates para poder voltar a patela no lugar. Consequentemente isto também ajudou a minha escoliose que tenho nas costas desde criança. Descobri também um problema no nariz onde futuramente terei que fazer uma cirurgia.



Logo depois de alguns, descobri que iria ficar de DP justamente por 1 ponto. E eu teria que pagar 6 meses a mais de faculdade para cursar apenas uma única matéria. Com isto também acabei em afastando do blog, no qual eu tinha tantos planos. Tive uma grande tensão em ter que pagar mais 6 meses "atoa", isso me fez ficar bastante frustrada. E eu querendo viajar finalmente para me dar um presente por ter conseguido finalizar a faculdade e tudo isso me barrando. Acabou que depois de muito estresse, consegui 1 ponto pelo trabalho que tinha feito e finalmente pude viajar. Acha que fiquei feliz por ter terminado a faculdade? A resposta é NÃO. Já estava tão desgastada que não me senti feliz com isto.



Fui finalmente visitar uma cidade que a muito tempo eu queria, a lendária cidade de São Tomé das Letras. Mas não consegui relaxar pois estava preocupada com algumas coisas pessoais. E quando eu voltei de viagem algo muito chato aconteceu comigo, uma decepção muito grande, e isso fez com que eu ficasse pior do que já estava.



Poucos dias depois tive uma crise/ataque de panico, devido a todo estresse que estava enfrentando. Pela primeira vez parei no pronto atendimento e consequentemente tive que dar inicio a um tratamento com psicólogo e psiquiatra. Neste estágio eu já não me sentia mais a mesma. Várias sensações que nunca tive se alojaram no meu corpo. Foram longos dias até que tudo se estabilizasse, 2 meses para ser mais exata.

Teve também um raio que caiu perto da minha casa e queimou 3 componentes do meu computador, mesmo ele estando desligado e possuindo filtro de linha.

Já estava quase no final do ano, achava que nada mais poderia acontecer e que finalmente depois do tratamento eu iria ficar bem e que mais nada de ruim aconteceria comigo. Mas fui surpreendida por um carro que avançou o sinal vermelho e me atropelou de bicicleta. Não foi nada muito grave, mas fiquei com vários hematomas na perna pelo baque quando eu cai. E adivinhe? Bati justamente o joelho que tive problema. E acredite, se não fosse a medicação indicada pelo psiquiatra eu provavelmente teria outra crise.



Talvez este tenha sido um dos piores anos da minha vida. Um dos anos mais tensos e frustrantes, onde aconteceram coisas que eu jamais iria imaginar que aconteceriam comigo. Mas sobrevivi, consegui dar a volta por cima dos problemas e estou aqui firme e forte para mais um ano, um ano onde finalmente eu espero que seja repleto de coisas boas para compensar todo o desgaste sofrido neste ano de 2017. 

Tentarei não fazer muitos planos, viver um dia de cada vez, sem criar muitas expectativas e me tornar uma pessoa melhor diante disso tudo. Dizem que as coisas ruins acontecem para nos fortalecer, e apesar de tudo, eu tentarei tirar boas lições dessas e outras coisas que não foram mencionadas. Espero que todo meu esforço nunca seja em vão, por mais que demore para que as coisas boas aconteçam. E espero que assim como eu, que você também possa sobreviver os deslizes da vida por mais um ano. Que seja feliz e tranquilo o nosso 2018!

8 comentários

  1. Mais do que nunca você faz jus a o nome do blog! Que o ano de 2017 fique apenas na memória dessa guerreira forte que você é! Que seu 2018 traga apenas coisas boas e felizes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Nay minha linda, muito obrigada pelas palavras! Que 2018 seja maravilhoso para nós! ♥

      Excluir
  2. O meu foi uma b......como senão bastasse bomba em concursos,economia despencando,e o pior....falsas amizades que estragaram o meu momento e uma delas ainda se dizia evangélica,aff!! Pois é,mas a vida tem voltas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano difícil, espero que 2018 seja maravilhoso!!!

      Excluir
  3. Guerreiraaaa! Chegou firme e forte aqui! Não deixe que essas frustrações te impeça de sonhar e ter um 2018 feliz! Feliz 2018!!!
    Beijoos!
    claraaoliveira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz 2018 sua linda!!! MUITOOO OBRIGADAAAAAAAAAAA!

      Excluir
  4. VA FICAR TUDO BEM, ISSO TUDO SERVE PRA TE MOLDAR PRA COISAS MELHORES. TE DESEJO UM ANO DE 2018 INCRIVEL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada minha querida! Espero todas as coisas melhores neste 2018, para mim, e para todas nós!

      Excluir

Fico muito feliz que você esteja aqui e queira me deixar um recadinho! Sempre respondo todos comentários, então, marque a opção "notificar-me" para ler a resposta caso use o campo de comentários do blogger!

© Memórias de uma Guerreira.