domingo, 17 de dezembro de 2017

Remédios e Terapia - Funcionou?

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Hoje vim falar com vocês como anda meu tratamento contra ansiedade e outras ramificações. Caso você tenha chegado neste post de paraquedas, eu cheguei a falar aqui no blog sobre minha crise de ansiedade, minha primeira terapia e finalmente depois de algum tempo venho dizer se os remédios e a terapia funcionaram. Vem comigo!

Uso de remédios para ansiedade

Depois da minha primeira crise de ansiedade séria, tive a necessidade de me tratar com psicólogo e psiquiatra. Tive minha primeira terapia em 05 de outubro e minha primeira consulta com o psiquiatra em 19 de outubro. Fazem então 2 meses que estou fazendo terapias e sendo medicada diariamente.

Quais foram as mudanças em 2 meses?


Nos primeiros dias de medicação senti uma grande ansiedade, ainda maior. Como se fosse uma euforia, uma agitação interna, fiquei ansiosa para dormir, uma ansiedade de querer resolver todas as coisas rapidamente de uma única vez.
Após 15 dias de medicação, eu já me senti um pouco mais branda, um pouco mais tranquila, e todas as idas na terapia foram de suma importância para eu começar a perceber algumas coisas erradas comigo e começar a não me cobrar tanto e relaxar um pouco mais.

Hoje, após 2 meses de uso de um antidepressivo que também é usado para tratar ansiedade generalizada, TOC, síndrome do pânico, depressão e outras vertentes posso dizer que a melhora foi grandiosamente significativa. Obviamente não estou curada, ainda sinto ansiedades como qualquer outra pessoa, mas minhas crises sumiram. Não sinto mais uma tensão constante que sentia no pescoço e ombros, nem ao menos tremores, tonturas ou taquicardia. 

Uma das coisas mais impressionantes após o uso do remédio foi sobre minha fobia de altura. Eu sentia um medo horrível até para subir em uma cadeira, e estranhamente apesar de ainda sentir medo, eu consegui subir na parte de cima da minha casa tranquilamente, e ao olhar para baixo eu não senti completamente nada. É claro que não vou arriscar e fazer alguma loucura para provar a mim mesma que não tenho mais medo, não é isto, medo eu tenho, mas de uma forma natural e controlada.

Qual remédio usar para controlar ansiedade?


Cheguei a ver uma pessoa que me causou uma grande decepção. Em outra época, senti tremores durante uns 30 minutos, além do coração disparado. Desta vez depois de medicada, tudo foi diferente. Apesar de sentir uma certa apreensão, eu estava emocionalmente controlada, eu realmente estava bem, e pra mim o que aconteceu já não tinha tanto peso como antes.

Também fui atropelada neste tempo, e pode ter certeza que se eu não tivesse medicada eu provavelmente teria surtado, diante do grande medo que eu tenho de acidentes.
Posso dizer que muitas coisas diante do remédio também possuem um efeito placebo. Não digo que essas minhas mudanças sobre o medo de altura, o atropelamento foram de efeito placebo, pois foram situações críticas onde somente o remédio poderia realmente me ajudar. Mas pequenas coisas do dia a dia, juntamente com as conversas com psicólogo nos fazem nos sentir mais confiantes e buscar viver melhor.

Sem sombra de dúvidas, digo e repito. Se você está passando por algo onde acha que não pode mais suportar, ou que isto causa um grande prejuízo na sua vida, não exite em procurar ajuda médica. Não é necessário apenas sobreviver, aprenda a viver! ♥

6 comentários

  1. Acho que o mais importante é exatamente isso buscar ajuda, muitas vezes é difícil e queremos o resultado imediato mas leva tempo e o mais importante é não desistir de nós mesmo! Fico feliz que o tratamento esteja fazendo resultado! Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina! Realmente, a melhor coisa que fiz foi procurar ajuda, e nunca me senti tão "bem" na minha vida. Claro que tem muita coisa a melhorar, mas cada detalhezinho já faz muita diferença! Muito obrigada pelo comentário e pelo elogio, sua linda! ♥

      Excluir
  2. Oi Flavi querida
    Que bom que está melhorando. Pra mim, o acompanhamento psicológico é a parte mais importante do tratamento, mas as medicações tem sim sua importância. Eu tive que tomar ansiolítico e antidepressivo por um tempo e, pra mim, foi bem complicado. Eu deixei de ter quaisquer emoções. Mas são casos e casos.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lary minha querida! Como você está? Eu achei o remédio que tomo muito bom, pq ao mesmo tempo de controlar, ele ainda consegue me manter ativa e com uma "ânsia" ainda de correr atrás dos meus objetivos. Quando é assim, é bom trocar de remédio e fazer uns testes né? =/

      Excluir
  3. Oi!!
    Eu sei bem como é. ... Eu sofri com a ansiedade ao ponto que ate me tremia. Mas com a ajuda de remedio e controle hoje posso dizer que estou bem. Mas é uma luta diária. ..
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que bom que está melhor! Isto ja é um grande começo!!

      Excluir

Fico muito feliz que você esteja aqui e queira me deixar um recadinho! Sempre respondo todos comentários, então, marque a opção "notificar-me" para ler a resposta caso use o campo de comentários do blogger!

© Memórias de uma Guerreira.