Desafio: 30 dias de autoestima! - Dia 4: Ser diferente!

12:55

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Hoje estamos no quarto dia de desafio da autoestima. Resolvi hoje comentar quais são os pontos positivos de ser uma pessoa diferente! Vem comigo!

como ser diferente ajuda na autoestima

4- Ser diferente


Nunca fui do tipo de pessoa que sempre vai de acordo com a multidão, sempre costumei ser do contra e ir pelo lado contrário. Podem observar até pelo template deste blog, tenho certeza que nunca encontraram algum outro que seja parecido. Em meu interior sempre foi assim, gostar das coisas diferentes, exclusivas, ser a minoria, isso de alguma maneira me faz sentir mais eu.

Muitas vezes me senti reclusa por isso também, de não gostar de frequentar ambientes que a maioria das pessoas vão, de curtir as musicas que a maioria das pessoas ouvem. Obviamente não dá pra ser exclusivo em tudo. Mas alguns pequenos detalhezinhos fazem a diferença. Sei que todos somos únicos de alguma forma, mas a grande maioria consegue ter maior coisas em comum com a sociedade de modo geral do que eu.

Estive vendo um vídeo do Felipe Neto recentemente (sim, ele deixou de ser cuzão e agora eu o vejo com frequência), e ele de alguma forma sempre zoa as "blogueirinhas". A princípio me senti levemente incomodada e não entendia o porque da zoação, mas depois ele explicou que zoa o trabalho das que fazem tudo igual, o feed do instagram são todos iguais, todos temas sempre iguais, todas parecem cópias uma das outras. Mesmo que elas gostem de fazer as coisas como fazem, eu entendo a maneira que ele pensa e no fundo eu sei que penso o mesmo, porque no fundo eu sou assim. Não há nenhum mal em seguir a multidão caso você se sinta bem assim, porém comigo é completamente oposto, fazer tudo como os outros fazem simplesmente porque eles fazem, me deprime.

Estive um pouco desanimada também pelo fato do meu blog não ter tantos seguidores fixo como eu esperava, e ao invés de me manter com minhas "diferenças", estava aos poucos indo em direção da maioria. Cansada de tudo, resolvi agora, postar pelo que eu gosto, pelo que eu amo, não pelo que a maioria segue ou faz. Provavelmente isso possa reduzir a quantidade de comentários no meu blog, mas eu vou me sentir mais feliz em conseguir fazer o que eu amo, justamente com minhas particularidades que a maioria das outras pessoas não fazem.

Cansei de tentar seguir a multidão achando que isso é o caminho certo. Me desviei do meu foco e isso me trouxe um grande desanimo no final de tudo. Cansei de ser robótica, de estar no piloto automático. É bom ser diferente e se sentir bem consigo mesma. Independente do blog, agora finalmente estou me desprendendo de algumas raízes podres que adquiri com o tempo, e por mais que em breve eu chegue aos 30 anos, meu espírito está mais jovem do que nunca, e agora que me sinto bem em usar roupas que até sempre tive medo de usar justamente pelo julgamento da sociedade. Agora finalmente estou podendo ser eu, diferente!

"Mesmo que seja estranho, seja você! Mesmo que seja bizarro!" Pitty

Você também poderá gostar de:

comentário(s) pelo facebook:

16 comentários

  1. Adorei o post Flavi, acho que você está certíssima. A gente não precisa tentar se encaixar na realidade de outras pessoas, em coisas que não tem nada a ver com a gente. É tão melhor ser a gente mesmo, ainda que sejamos "diferentes", né? Um beijo!

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada minha linda! Acho que a palavra chave para viver bem é sermos nós mesmos, na blogosfera ou não!
      Obrigada pela visita e pelo comentário! <3

      Excluir
  2. Sensacional! Me identifiquei super, também não consigo ser como a multidão, e sermos nós mesmos, assumir nossas personalidades, seja ela como for, é lindo, é viver e ser livre.
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  3. Você escreveu o que eu precisava ouvir, sou uma adolescente, e posso te afirmar que sou completamente diferente dos adolescentes da minha cidade, eu tenho um blog e nunca disse à ninguém da minha cidade, eu quero construir um futuro com meu blog, trabalhar com ele, e as pessoas da minha cidade tem a mente muiitoo fechada, ririam de mim, por "postar coisas na internet não é um trabalho", a maioria dos adolescentes da minha cidade do interior só se preocupam com quantas curtidas teve no facebook e no quão famosinho está no facebook, isso me deprime, mas eu ainda vou mostrar pra eles, eu ainda vou mudar a forma de pensamentos deles, mudar a minha cidade com meu blog e no futuro, meu trabalho.
    Obs: Amoo a música da Pitty, " Diga, quem você é me diga... tira, a máscara que cobre o seu rosto.."
    Beijoos!
    https://claraaoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande garota!!! Nunca se esqueça que mentir pra sí mesmo é mentir duas vezes. Nunca deixe de ser quem você é, os outros são só os outros...

      Excluir
  4. Eu amei o texto é verdade seu layout é único , é isso mesmo o mundo ja ta cheio de pessoas iguais e isso é chato ,parece que não existe mais identidade nas pessoas , amei temos que ir na contra mão mesmo que pros outros seja anormal temos que nos sentir bem conosco mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Cara, eu sempre gostei de Felipe Neto, sempre! E até hoje acompanho alguns vídeos dele, apesar dos pesares, huahuahuahua, eu curto a ousadia da opinião do cara e ele mesmo já falou que a opinião dele amadureceu.
    Eu sempre fui diferente, ser diferente para mim é o mesmo que o resto da humanidade seguir a multidão, só que eu sigo a via oposta a da multidão. Eu sempre fui a estranha, a que mudava sempre (meu cabelo está curto agora, igual de homem), e por mim tudo bem. Na escola eu era zoada. Sempre fui a mais inteligente, mas, não a mais bonita. Isso até me incomodava durante um tempo, depois que passei a ter alto estima, ninguém me segura! xD
    Mas, sinceramente, ainda sou contra seguir a multidão, ou ser como multidão.

    Até mais! O/
    Karolini Barbara
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já percebi isso em você e te admiro muitão por isso! Personalidade forte e única! Com um blog único tb, diga de passagem! Acho que é o melhor caminho, mesmo sendo o mais difícil!!!

      Excluir
  6. Adorei a postagem. Como funciona os 30 dias? Cada dia é uma coisa? com alguns objetivos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O objetivo é ver qualidades suas em 30 dias, porque muitas vezes esquecemos do que temos de bom e focamos apenas no ruim.

      Excluir
  7. Parabéns linda continue assim mesmo , fazendo o que ama e não seguindo a maioria , faça o seu diferencial e seja feliz !

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Amei muito esse texto, me trouxe várias reflexões. Preciso rever algumas coisinhas. Beijos e sucesso

    ResponderExcluir

Fico muito feliz que você esteja aqui e queira me deixar um recadinho! Sempre respondo todos comentários, então, marque a opção "notificar-me" para ler a resposta caso use o campo de comentários do blogger!