Desafio: 30 dias de autoestima! - Dia 1: Doar-se!

09:28

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Como já sabem, devido a alguns probleminhas que tive nos últimos tempos, isso acabou me afastando da blogosfera de certo modo. Neste mês, teríamos o BEDA, Blog Every Day August. Eu estava completamente desmotivada em fazê-lo. Mas, ontem a noite me deu um insight e eu resolvi tentar me aventurar em fazer um desafio a mim mesma, um desafio de mostrar para mim mesma nesses 30 dias que virão, apenas pontos positivos da minha personalidade, ou coisas que gosto no meu corpo. Espero que com isso, em 30 dias, eu tenha uma injeção de animo para continuar.

Desafios para reconhecer você mesmo e suas qualidades!


Dia 1 - Doar-se!

Isto é mais um texto de reflexão do que qualquer outra coisa. Não sei se eu poderei ajudar alguém desta forma, o intuito principal deste desafio é tentar ajudar a mim mesma, mas caso algumas dessas reflexões façam sentido em sua vida, eu ficarei demasiadamente grata ao universo. 

Tenho dificuldades para socializar, para manter contato, e confiar nas pessoas. Talvez isso seja parte do amontoado de características de uma pessoa introspectiva (já fiz um texto sobre e você pode visitar ele clicando aqui). Pode ser que seja uma barreira natural para evitar maiores sofrimentos futuros. Costumo passar uma imagem de frieza sentimental. Meu lado racional costuma falar mais alto na maior parte do tempo, mas isso não indica que eu seja imune a sentimentos. Muito pelo contrário, o lado racional tenta me confortar sobre atitudes e decisões que acontecem em minha vida, afim de que eu não me perca nos sentimentos mais profundos que eu possa ter. Porém, nem sempre consigo me manter na defesa, e aos poucos, bem aos poucos, eu começo a me desprender e criar laços.

Sou do tipo de pessoa que não gosta de metades. Essa ideia de metades me afasta. Acredito que vivi tempo suficiente para perceber que metades não me satisfazem, eu reconheço que mereço o melhor, o completo! Não tenho meio amor, meia amizade, meia consideração, meio interesse, meia confiança, meia lealdade. Não serei meia amiga, meia companheira, meia irmã, meia filha.  Eu me doo por completo!

Deixo minhas vontades e meu particular de lado apenas para estar perto, para me mostrar presente, para conversar, para aconselhar, para ouvir... Mando mensagens, dou presentes, gosto de estar ali, dando o melhor de mim sempre, mesmo que as vezes as pessoas não costumam perceber isto... A doação deve ser uma via de mão dupla, reciprocidade.

Desta vez, estou me doando ao mundo de braços abertos. Desta vez, quero dar e receber o melhor que há de vir. Desta vez, não quero ficar na defesa. Desta vez, quero me doar por completo. Desta vez, desejo que tudo seja diferente. Desta vez, quero sentir a felicidade plena. Desta vez, quero deixar de existir e aprender a viver...

Você também poderá gostar de:

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários

  1. Super arrasou no texto, e que tema ótimo pra começar hein rsrs
    Acima de tudo temos que ter autoestima, sermos feliz conosco mesmos. rsrs
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!!! <3
      Autoestima é uma grande parte da vida para seguirmos em frente né?

      Excluir

Fico muito feliz que você esteja aqui e queira me deixar um recadinho! Sempre respondo todos comentários, então, marque a opção "notificar-me" para ler a resposta caso use o campo de comentários do blogger!