sexta-feira, 28 de outubro de 2016

A verdadeira história do Halloween

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem com vocês? Hoje vim comentar sobre essa data que todo mundo conhece,  mas as vezes não sabe de suas verdadeiras origens!  Vamos descobrir um pouco mais sobre esse evento?


Halloween


O primeiro registro do termo "Halloween" foi a cerca de 1745. Vindo de termo escocês "Allhallow-eve" (véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. 
Na Antiga Religião Celta existia o Samhain, a Festa dos Mortos (no Cristianismo é celebrado dia 2 de novembro).
Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening Hallowe'en Halloween. Rapidamente se conclui que o termo Dia das bruxas não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.
A origem do Halloween traz às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase "doces ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas.

Mas por que dia das bruxas?

A origem pagã do "dia das bruxas" tem a ver com a celebração de Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos e à deusa YuuByeol (símbolo antigo da perfeição celta). A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos acabou misturando a cultura latina com a celta. Sabe-se que as festividades do Samhain eram celebradas muito possivelmente entre os dias 5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de outono e o solstício de inverno, no hemisfério norte). Eram precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, e davam ao ano novo celta. A "festa dos mortos" era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para os cristãos seriam "o céu e a terra" (conceitos que só chegaram com o cristianismo). Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. As festas eram presididas pelos sacerdotes druidas, que atuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.



Vamos entender um pouco melhor... se analisarmos o modo como o Halloween é celebrado hoje, veremos que pouco tem a ver com as suas origens: só restou uma alusão aos mortos, mas com um carácter completamente diferente do que tinha ao princípio. Além disso foi sendo pouco a pouco incorporada toda uma série de elementos estranhos tanto à festa de Finados como à de Todos os Santos.
Entre os elementos acrescidos, temos por exemplo o costume dos "disfarces", muito possivelmente nascido na França entre os séculos XIV e XV. Nessa época a Europa foi flagelada pela Peste Negra e a peste bubônica dizimou perto da metade da população do Continente, criando entre os católicos um grande temor e preocupação com a morte. Multiplicaram se as Missas na festa dos Fiéis Defuntos e nasceram muitas representações artísticas que recordavam às pessoas a sua própria mortalidade, algumas dessas representações eram conhecidas como danças da morte ou danças macabras.
Alguns fiéis, costumavam adornar na véspera da festa de finados as paredes dos cemitérios com imagens do diabo puxando uma fila de pessoas para a tumba: papas, reis, damas, cavaleiros, monges, camponeses, leprosos, etc. (afinal, a morte não respeita ninguém). Também eram feitas representações teatrais, com pessoas disfarçadas de personalidades famosas e personificando inclusive a morte, à qual a todos deveriam chegar.
Na Idade Média, um costume do Dia de Finados era o Souling (de "soul", alma), em que crianças iam pedindo pelas portas um bolo, o "bolo das almas", em troca do qual fazia uma oração pelos familiares falecidos de quem lhes dava o bolo. Essa tradição poderá ter evoluído para a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura (trick or treat, "doce ou travessura"), que teve possivelmente origem na Inglaterra. 

A celebração do 31 de Outubro, muito possivelmente em virtude da sua origem como festa dos druidas, vem sendo ultimamente promovida por diversos grupos neo pagãos, que realizam a celebração do final do verão e entrada no outono.  Na celebração atual do Halloween, podemos notar a presença de muitos elementos ligados ao folclore em torno da bruxaria. As fantasias, enfeites e outros itens comercializados por ocasião dessa festa estão repletos de bruxas, gatos pretos, vampiros, fantasmas e monstros, no entanto isso não reflete a realidade pagã.

Muita gente gosta de apontar o dedo sem ver o outro lado da história! É sempre interessante ler os dois lados. Mas e você, já sabia da verdadeira história do Halloween?

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Labirinto, a magia do tempo!

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem? Resolvi me arriscar e participar do primeiro desafio que me propuseram a colocar aqui no blog. Eu deveria fazer um post com o tema ou palavra "MAGIA". Então, vem ver a postagem super legal que separei para vocês!

Labirinto filme

Este desafio foi feito pela minha querida Lila, que é dona do grupo "Café com blog" no qual convido a todos vocês participarem! Este desafio tinha como base você comentar se queria uma palavra ou uma imagem, e escolhesse um número. Consequentemente o meu "tema" foi a palavra MAGIA. Confesso que antes de participar estava com um certo medo, mas gostei muito da palavra então foi divertido pensar nessa postagem!

Labirinto, a magia do tempo.

Eu jamais poderia deixar de mencionar sobre este filme aqui no meu cantinho! Afinal, amo temáticas assim! Acabei conhecendo esse filme indiretamente por causa da minha irmã mais nova. Lembro que meu pai comprava DVDs de filmes infantis, e acabou comprando este em específico. Meus pais saiam para trabalhar e sempre me acordavam cedo pra eu fazer companhia para minha irmã mais nova. E foi assim, num dia qualquer que me deparei com este filme.

Filme com David Bowie
Labirinto, a magia do tempo

O que mais me chamou a atenção inicialmente foi o fato de justamente a irmã mais velha ter que ficar cuidado do irmãozinho mais novo. Não que eu achasse ruim cuidar da minha irmã, sempre fomos muito próximas apesar das brigas que irmãos sempre tem. Mas acho que aquilo acabou de certa forma me chamando a atenção na época. 
No filme, a atriz principal odeia essa vida de ter que cuidar do irmão mais novo, enquanto o pai e a madrasta querem sair, ela só deseja que tudo aquilo tenha um fim. O que ela não imagina é que sem pensar que tudo fosse realmente acontecer, ela desejou que os duendes levassem o bebê e num piscar de olhos... PLUFT! Ele desaparece e agora ele pertencerá ao Reis dos duendes (David Bowie). Mas ela fica com peso na consciência de ter desejado que o irmão desaparecesse e tenta salvar o irmão, atravessando o grande labirinto até chegar no castelo. Porém não é nada fácil, ela tem que lutar contra o tempo... exatamente 13 horas para que consiga encontrar o bebê antes que ele se torne para sempre um duende. Diante do grande labirinto ela encontra vários personagens que poderão ajudar ou atrapalhar sua jornada até o castelo. 

A magia do tempo
David Bowie como o Rei dos Duendes
O filme possui um cenário um tanto quanto tenebroso, porém conta com vários bonecos que atuam de forma bastante carismática (outros nem tanto). Todo o cenário contém seres e objetos que interagem com a menina fazendo com que ela desista do seu objetivo, sempre pregando peças e dizendo coisas para que deixe a menina confusa além de diversas armadilhas ao longo do caminho. Sem contar na trapassa de diminuir o tempo pra que ela não consiga ter o irmão de volta.

Personagens do filme Labirinto a magia do tempo
Personagens do filme

Apesar de ser um filme antigo e passar realmente uma atmosfera "esquisita", vale ressaltar que ele também mostra algumas lições, tais como não desistir de nossos objetivos, que sempre podemos corrigir algum erro do passado, que nos momentos difíceis é que encontramos os amigos de verdade, que a união faz a força, que devemos perdoar pois cada um tem seus motivos, que as vezes devemos encarar nossos próprios desafios sozinhos e o mais importante, certas coisas NÃO TEM PODER SOBRE NÓS! Não devemos nos deixar intimidar! 

E você? Já conhecia este filme?
Existe algum filme interessante que também passe essa atmosfera para me indicar?
Não deixe de comentar!

E já aproveitando, comecei meu canal recentemente e preciso pedir a ajuda de vocês se inscrevendo e deixando like no vídeo! Se eu não me sentir muito motivada, acabarei desistindo da ideia. Conto com a ajuda de vocês!

Café com Blog

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

TAG: Irmandade das Blogueiras

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Fazia tempo que não respondia TAGs né? Então fui indicada pela queridíssima Nana (clica aqui pra conhecer o cantinho dela) para responder a TAG: Irmandade das Blogueiras! 

TAG no blog


Regras:

Inserir a imagem da tag;
Agradecer ao blog que te indicou; (Gracias Nana!)
Responder as 5 perguntas de quem te indicou;
Indicar 5 ou mais blogs;
Criar 5 perguntas pro indicados.

Perguntas:

Quando começou a mexer na internet? Quantos anos tinha e o que fazia?

R: Comecei a mexer na internet quando eu tinha uns 10 anos, faz muito tempo, não me lembro tão bem, mas sei que comecei mexendo na internet com um cursinho que eu fiz, ainda era Windows 98. E depois disso sempre que tinha algum dinheiro, corria para as lan houses. Na época eu fazia algumas pesquisas aleatórias em sites que eram famosos, como assustador, sites de bandas que eu gostava, enfim...

Indique dois canais no youtube que tu gosta muito. Caso tenha um, não vale ser o seu.

R: Confesso que sou bem atrasada quando o assunto é canais no youtube. Existem dois canais que existem a um bom tempo e eu fui só conhecer agora e me apaixonei por eles!
O primeiro são as engraçadíssimas Gabi e Talita do "Depois das Onze". Confesso que toda vez que vou cumprimentar alguém eu falo aquele "Tudooooooo bommm meninas?" hahahahhahaa! Sem falar que sempre tenho que fazer aquela mãozinha de "foca aqui".



Agora outro canal... como fui conhecer isso somente agora? Estou apaixonada pelo canal do T3ddy Games! Confesso que em uma semana eu ví mais de 100 vídeos dele direto! A primeira vez que vi o T3ddy foi no programa passa ou repassa, e achei ele uma gracinha! Só que esqueci o nome dele (pra variar tenho uma péssima memória) então nem procurei o canal dele. Só que um tempo depois nem sei como encontrei o canal dele e nem tinha me lembrado que ele era aquele menino do passa o repassa hahahaha! Só que vendo os vídeos descobri que era aquele mesmo menino que passou no programa! Ai não adiantou, tive que já me inscrever e seguir nas redes sociais! Além de ser uma gracinha é muito retardado ahhahaha, me faz rir pra caramba!


Tu é uma criatura do dia ou da noite?

R: Da noite, com certeza! Não funciono bem de manhã. Nunca consegui!

Duas das tuas comidas preferidas.

R: Caldo de feijão e sanduíche!

Duas das tuas comidas que menos gosta ou não come de jeito nenhum.

R: Figado e jiló! Urrghhhhhh! 


Agora precisaria indicar alguns blogs para fazer esta TAG não é mesmo? Mas eu nunca sei quem indicar! Então eu vou deixar aberto para quem quiser fazer, ok?
As perguntas dos indicados vão ser as seguintes:

1- Qual o maior sonho da sua vida?
2- Qual a coisa que mais se arrepende de ter feito?
3- Se pudesse mudar algo em você, o que mudaria?
4- Se você ganhasse hoje na loteria, 1 milhão de reais, descreva 5 coisas que você faria de imediato.
5- O que você mais gosta na blogosfera?

Então é isso! Espero que tenham gostado dessa TAG, e quero que me digam se já conheciam esses canais ai!
Sabe de mais algum que seja engraçado? Me dá sugestões nos comentários!!!

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Primeiro Vídeo do Canal - Expectativa vs Realidade

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem com vocês? Depois de algumas pessoas pedirem pra eu gravar algum video eu resolvi fazer um pequeno teste. Mas além de mostrar o vídeo pra vocês eu queria fazer algumas observações que ficarão aqui no post abaixo do vídeo!

50 fatos sobre a guerreira


Primeiro Vídeo no Youtube

Primeiramente tenho que dizer que este vídeo também foi uma breve superação. Eu sempre que tentava gravar vídeos, me sentia mal. Não que eu me sinta maravilhosamente bem agora (não mesmo), mas não era algo que me deixava confortável, e passava milhões de coisas ruins pela minha cabeça. Mas resolvi ao menos tentar, pois não sou de desistir sem provar a mim mesma que realmente aquilo não dá certo.

Este vídeo na realidade teve mais de 30 minutos e quase 2 GB de tamanho. Gravei o vídeo tentando pontuar o que me vinha na cabeça naquele momento, antes que eu desistisse da ideia. E nem sabia no que iria editar, quando, como, onde... Fiquei uma boa parte da tarde tentando gravar até dar certo. Mas não tive coragem de correr atrás para editar até então.  

Resolvi passar o domingo inteiro tentando aprender algumas coisinhas no Adobe Premiere CC e saiu isto ai. Nem tive coragem de procurar por muitos efeitos, estava com medo de acabar destruindo tudo.
Nunca imaginei que seria fácil, mas para quem apenas assiste não faz ideia do trabalho que dá. Em 4 horas mexendo nesse projeto, o transformei em um vídeo de 7 minutos e alguns megas. 

A edição não ficou boa, afinal, foi minha primeira vez, meu primeiro teste. Não tenho ideia se vou gravar mais alguma coisa, sobre o que gravar... Vai depender muito do meu estado de espírito e do assunto que eu venha abordar. E sinceramente? Agora estou com uma baita vergonha de divulgar este vídeo por ai! Sabe quando você faz algo mas bate aquele medinho?? Não é um vídeo muito útil, mas não sei como vai ser a reação das pessoas vendo ele. É algo tão normal, mas ao tempo monstruoso na minha cabeça. Não sei bem como explicar. Mas, mais uma vez estou ai dando minha cara a tapa pra tentar tirar o monstro da minha cabeça... ou não.





Enfim, me digam com sinceridade do fundo dos seus corações o que acharam desse vídeo aqui nos comentários! Estarei aguardando ansiosamente! 

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Nostalgia Nintendista: Super Mario World

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem? Estavam com saudade da temática de jogos aqui no blog? Então vem matar a saudade comigo desse jogo que marcou minha infância e eu fiz questão de jogá-lo novamente no dia das crianças! Vem matar a saudade comigo!

Snes: Super mario

Super Mario World


Neste dia das crianças eu resolvi abandonar os estudos da faculdade e me dedicar somente a mim! Somente ao que sempre me trouxe tanta felicidade nessa vida que foram os games! Como vocês já devem saber, eu sou uma pessoa introspectiva (se não sabe o que é isso, clica aqui), então como nunca fui de ter muitos amigos, minha companhia desde a infância sempre foram os jogos. Eu tenho um amor enorme pelo Super Nintendo pois ele ficou durante muito tempo em minha vida. Eu tenho ele guardadinho até hoje e faço questão de mantê-lo guardado a 7 chaves!
Cheguei a ganhar meu Super Nintendo quando eu tinha em torno dos 6 anos de idade. E juntamente com ele veio essa fita do Super Mário World.
Quem me acompanha no Instagram viu que ontem chegou meu controle "réplica" USB do SNES, e nada melhor que passar o dia inteiro jogando (no emulador, já que minha tv não tem entrada mais para o SNES) neste dia das crianças!
Aviso: Este post poderá ficar um pouco longo! Enquanto faço a postagem, estarei jogando o jogo inteiro novamente para matar a saudade!

Primeiro castelo super mario world
Primeiro mundo

Como esta era a única fita que eu tinha na época, fiquei durante muito tempo jogando este jogo. Eu tinha até o manual dele, e decorava o nome e todos inimigos e lugares.
Do primeiro mundo, esta era a fase que eu mais gostava:

Super Mario World
Primeira fase "aquática"

Logo em seguida a esta primeira fase "semi-aquática", damos de cara com o primeiro castelo. Tenho que admitir que sou apaixonada por esses castelos, todos aliás! Incluindo a trilha sonora! Como era meu primeiro videogame (na realidade foi o segundo, antes dele tive um Atari, mas não cheguei a jogar tanto nele). Vou colocar como meta para esse dia das crianças zerar em 100% este jogo! Tentarei "parar de falar" aqui e apenas deixar vocês com grandes imagens nostálgicas!

Primeiro castelo do Super Mario World
Primeiro castelo derrotado


Casa assombrada Super Mario World
Primeira casa mal assombrada
Super Mario World
Fase Bônus

Super Mario World
O peixe mais irritante do mundo, na fase mais irritante do mundo

Segundo castelo finalizado Super Mario World
Segundo castelo finalizado

Magikoopa
Terceiro castelo, como gastei horas tentando passar essa fase!

Final terceiro castelo mario
Terceiro castelo finalizado

Super mario world
Fase dos Golfinhos, como eu amava esta!

Super Mario World
Quarto castelo, fora o último castelo, este era meu preferido!
Super Mario World
Finalização do quarto castelo
Super Mario World
Floresta da ilusão! Cheia de passagens secretas, amava!


Super Mario World
Quinto castelo finalizado, rumo a ilha Chocolate, minha preferida!
Super Mario World
Sexto castelo 

Super Mario World
Sexto castelo finalizado

E agora sim, eu aguardava tanto por este momento, sabe quando você apertava START e aparecia uma setinha na tela pra você visitar partes do mapa que ainda não estavam abertas? Confesso que quando consegui chegar finalmente ao misterioso navio afundado eu pulei de alegria!

Super Mario World
Misterioso Navio Afundado

Super Mario World
Reta final, sem o caminho estrelar
Super Mario World
Depois de adulta que fui descobrir o porque elas usavam óculos escuros... >_>
Super Mario World
Essa fase era difícil, mas era uma delicia!
Super Mario World
Grande final! Ultimo castelo!
Bowser
Bowser, solte a princesa!!
Super Mario World
Final Super Mario World
Super Mario World
Final! Todo mundo salvo!

Super Mario World
Star Road completa!
SPECIAL
SPECIAL
OBSERVAÇÃO: Esqueci de bater foto enquanto jogava Tubular. E preciso dizer uma coisa depois de todos esses anos! ESSA FASE AINDA É DO CAPETAAAAAAAAAAAA!


100% - Jogo com 96 fases concluídas!

Esta imagem é em especial praqueles que nunca souberam o que acontece quando você passa todas as fases do especial. O mundo vira de outra cor, e os Koopas se transformam em "Marios"? Digamos que eles tornam a forma humana!

Super Mario World
Mundo de outra cor!
Super Mario World
Humanos?
E assim finalizo este post! Com imagens nostalgias, onde pude relembrar todas as fases, todas as chaves, todos os segredos, voltando a infância e zerando o jogo em 100%!
Espero que tenham gostado! Me diverti muito por aqui!


Vocês já jogaram este jogo? 
Deu pra matar a saudade?
Deixe seu comentário!

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Você conhece os tipos de RPG?

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem com vocês? Vamos pra mais uma "aula" sobre RPG? Que tal conhecer os tipos de RPG existentes? Vem ver essa postagem que eu vou explicar melhor sobre isso!

Você conhece os tipos de RPG?


Como vocês já devem saber, eu morro de amores por RPG (até rimou heheh). Eu já cheguei a comentar sobre RPG aqui no blog, então caso não tenha visto, basta clicar aqui e acessar o link para entender melhor sobre este mundo. Agora, se você já sabe o que é RPG, que tal conhecer melhor sobre seus tipos?

RPG de mesa


Eis o mais tradicional tipo de RPG que ja existiu, tudo começou com o Dungeons and Dragons, sim, aquele famoso desenho traduzido para nosso português como "A caverna do dragão". Nosso querido RPG de mesa foi baseado neste desenho. Para esse tipo de jogo é necessária a ficha do personagem, se preferir um tabuleiro, um manual de instruções, folha para rascunhos, lápis, borracha e dados! (Além do mestre, risos...)
PS: Se você assistiu Stranger Things, você vai saber que os meninos jogam um RPG de mesa! Sim, existem ali os guerreiros, o mestre narrando a história e o poderoso chefão "Demogorgon".

RPG


Aventura Solo

Este tipo é apresentada por uma aventura em livro ou site, onde o jogador segue um roteiro diante de possibilidades oferecidas. Eu particularmente nunca joguei este tipo de RPG, mas sei que se monta uma ficha assim como em qualquer jogo, a diferença é que não tem interação com outros jogadores. Como estou com muita saudade de jogar RPGs, vou encontrar mais novidades sobre este tipo, quem sabe até o próprio manual e venho disponibilizar para que vocês também possam jogar.

Aventura Solo



Live Action

Talvez para quem está de fora, esse seja o jeito mais estranho de se jogar um RPG. Ao invés de se jogar numa mesa, cada jogador interpreta um personagem assim como um ator. Isso faz lembrar bastante uma peça de teatro, porém não tem um texto a ser seguido, o jogador deve improvisar e interpretar. Além da interpretação é muito comum os jogadores se vestirem a caráter, e isso é que faz com que as pessoas de fora olhem de uma maneira estranha, não sejam tão radicais pessoal, não é porque o pessoal não é mais criança, não podem "brincar de faz de conta", isso aparenta ser muito divertido, então se verem algo assim por aí, não sejam preconceituosos!
Mesmo com toda a liberdade, ainda existe um narrador, assim como um diretor, que organiza e explica as regras do jogo e o desenrolar da história.

Live Action



RPG Online

Nada melhor do que você se aventurar juntamente com seu personagem, no meio virtual. Nenhum modo simula tão bem o RPG pois pelos jogos online temos a visão perfeita do cenário, trilha sonora, e podemos também interagir com pessoas de outras cidades, estados, países... É possível usar um software que apresenta as fichas, dados, recursos entre outros modos para simular o jogo, igual um RPG de mesa.

Rolador de dados RPG

MMORPG:

Massively Multiplayer Online Role Playing Game é um termo em inglês para RPG online para múltiplos jogadores. É um mundo virtual no qual você pode interagir com milhares de jogadores em tempo real, esse estilo de jogo vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo todo, e no Brasil é uma das atrações mais procuradas em lan houses. Cada jogador acessa um servidor onde encontra muitas outras pessoas, com quem podem se comunicar, fazer trocas, negociações; tudo isso a fim de conseguir as melhores espadas, escudos, elmos, etc. Todo esse equipamento é procurado para que os personagens possam enfrentar monstros de todo tipo, ficando assim mais fortes. O mais antigo MMORPG é o Tibia (1995), porém existem outros grandes jogos famosos como Ragnarok, Grand Chase Chaos e o famoso World of Warcraft.


MMOPRG

RPG Eletrônico:

Ahhhh, esse é um dos meus tipos preferidos!
Esses são os RPGs que encontramos em videogames, que trazem grandes títulos e legiões de fãs no mundo inteiro. Um grande clássico de RPG é o famoso jogo The Elder Scrolls Skyrim, além de Final Fantasy, entre outros.
Pra mim, existe uma grandes jogos eletrônicos de RPG ainda desconhecidos pelo público e eu irei fazer uma resenha deles, pois existem muitos jogos bons por aí pessoal, não é porque não é famoso que é ruim! Vamos abrir essa mente!
Os típicos jogos de RPG eletrônicos, são geralmente medievais. Nesses jogos conseguimos encontrar uma grande variedade de armas, armaduras, classes, raças, inimigos de todos os tipos, NPCs, monstros, magias e todas as maravilhas do RPG.

Skyrim


Mas e isso aí pessoal, gostaram dessas explicações?
Qual você prefere??

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Ser blogueira não é fácil!

Bom dia guerreiros e guerreiras do meu coração de dragão! Tudo bem com vocês? Muita gente acha que ter um blog e ser blogueira é muito fácil, tudo muito lindo, um mundinho perfeito. Mas estou aqui pra levantar questões que você vai entender que não existe nada fácil. Mas afinal, como é ser blogueira?Vem ver essa postagem que eu expliquei tudo!

Ser blogueira é fácil?

"Ah, mas ser blogueira é muito fácil! Afinal, você só escreve lá e pronto!" (...) Não, não é tão fácil! Ah não ser que você simplesmente copie o trabalho pronto dos outros. Aí fica realmente fácil porque não houve nenhum esforço em cima daquilo que foi feito. Aliás, que tal a gente voltar um pouco no princípio de tudo para analisar o "quão fácil" é a vida de uma blogueira?

Tema da postagem:

O primeiro item dessa lista de "afazeres" de uma blogueira é pensar no tema da próxima postagem. Qual tema devo abordar? Dentro deste tema, o que seria interessante abordar? É necessário pesquisar? Buscar informações relevantes, jogar as ideias todas num papel e finalmente partir para a escrita. Dizendo assim é fácil, mas quem trabalha com blog ou leva isso como um hobbie passa horas e horas simplesmente pensando e colocando as ideias no lugar. 

Escrevendo o post:

Depois de amadurecer a ideia, é hora de jogar tudo num papel, ou no próprio campo de postagem do blog. É hora de escrever, escrever, escrever e escrever. Ver qual frase ficaria melhor, se está dentro do contexto, procurar palavras que não sejam de difícil entendimento, ler e reler, procurar erros, verificar títulos e parágrafos até finalmente chegar ao fim da postagem. E nisso já se foram mais longos e logos minutos. 

Imagens e Vídeos:

Depois de ter escrito e revisado, bora procurar imagens que sigam de acordo com o que você gosta ou com a ideia que pretende passar naquela postagem. E agora? Procurar imagens ou fazer imagens? Aprender a usar o Corel, Photoshop, Illustrator ou quem sabe um PhotoFiltre? Usar o Canva? Procurar itens para alguma montagem? Quem sabe isso tudo? O que falta? Quais detalhes devo colocar?
E nisso, já se passaram mais algumas horas. Ou seja, só nesses 3 itens para serem feitos, devem ter passado já pelo menos umas duas horas. E bora fazer mais alguns testes, e uma revisão para ver se está tudo ok!

SEO:

Depois de tudo pronto, bora acrescentar as edições de acordo com as dicas de SEO para que o blog alcance uma maior visualização. Se você não sabe o que é SEO e como fazer, basta clicar aqui e ver a ultima postagem!

Divulgação:

Ufa! Depois de todos esses passos e com tudo pronto, chegou a hora de divulgar! É hora de encontrar grupos específicos no Facebook, compartilhar no Google +, Instagram, enviar E-mails, comentar em outros blogs... Quem sabe procurar parcerias? E nisso são mais horas e horas e horas... 

Tempo:

Existem aquelas pessoas que além do blog também se dedicam a um canal, outras são donas de casa, estudantes, mães de família... Como viram não é apenas escrever qualquer coisa, jogar qualquer imagem e deixar que o sucesso venha aos seus pés. Tudo requer tempo, pesquisa, estudo e dedicação. 

Responder Comentários:

Isto não é algo fixo de todas blogueiras, mas eu faço questão de responder a todos! E quando gosto muito do comentário faço questão de visitar o perfil da pessoa e se ela também tiver blog, eu gosto de ver as postagens, comentar em algumas, retribuir o carinho e isso também gera TEMPO!

Plágio:

Você fica horas pensando em um tema que você ame, e que seja agradável e útil ao seu leitor. Depois de desmembrar todas essas ideias, coloca a escrita em prática, pensa em quais imagens se encaixariam melhor naquele post, faz revisão de cada detalhe, divulga na melhor maneira possível e aguarda ansiosamente por um bom e grande retorno. Aí chega um FDP (sim, eu falo palavrões no meu blog), copia todo o seu conteúdo na maior cara de pau, e quem paga o pato é aquela pessoa que ficou horas e horas fazendo algo para agradar ao seu leitor. Não é nenhum pouco justo você querer ter sucesso em cima do trabalho do outro, que gastou horas de sua vida para trazer conteúdo na blogosfera mesmo que ele tenha feito aquilo somente como um hobby. 

Hatters:

Ser blogueira não é fácil. e além de tudo isso ainda existem pessoas que adoram desvalorizar o tempo que a blogueira gastou fazendo aquilo. Escrevem palavras de ódio, críticas sem embasamento, adoram encher de comentários inúteis, ofensivos, invasivos... ou seja, além de todo trabalho, ainda tem que ter psicológico para lidar com pessoas que não tem mais o que fazer e ficam querendo detonar a vida do outro. Acha que isso é fácil?

Depois de tudo isso ainda tem gente que acha que é fácil! Não é mole não né galera? Quem ainda mantem um blog como trabalho ou por amor, também rala, e rala muito! Vamos dar valor o tempo que o amiguinho gastou pra fazer aquela postagem POR VOCÊ! Novamente, repito, mais amor na blogosfera!

Amor por blogar

© Memórias de uma Guerreira.